Como preparar um orçamento para o Natal? Veja mais!

Como preparar um orçamento para o Natal? Veja mais!

orçamento para o Natal

Orçamento para o Natal

No início de dezembro, muitos brasileiros começam os preparativos para as datas comemorativas que encerram o ano. Entretanto, por ser uma época em que a tendência é gastar muito, a maioria pode ficar perdida na hora do planejamento. No caso do Natal, esse problema é maior porque além dos presentes, ainda há a ceia.

Neste post, separamos para lhe ajudar, tudo o que você precisa saber para preparar o orçamento para o Natal. Confira!

Organizando o orçamento para o Natal

O primeiro passo para organizar o orçamento para o Natal é conhecer bem o seu faturamento e as suas despesas. O ideal é que durante o ano, você já tenha estabelecido esse hábito, caso contrário, ainda dá tempo de fazer isso.

Crie uma tabela com sua renda, incluindo o 13º salário, e comece a subtrair os seus gastos fixos, como contas de casa e compras. Depois de saber o quanto sobrará, você poderá pensar nos gastos para as festividades.

Existem algumas perguntas que são importantes para se fazer nesse momento: quanto tenho para gastar? Quanto quero poupar nesse final de ano?

Após essa definição, é hora de começar os preparativos.

Presentes

A regra inicial é elaborar uma lista de presentes. Não se esqueça: a pesquisa, nesse caso, é fundamental. Lembranças são uma ótima forma de agradar, mas exigirão parte do seu orçamento.

Esteja preparado para a possibilidade de gastar um pouco mais com algumas pessoas, já que não é possível estabelecer um preço médio por presente. Com a lista em mãos, faça uma boa busca na internet e compare os preços. Existem muitos sites que já desempenham esse papel e, portanto, não hesite em usá-los.

Se tiver tempo, vá pessoalmente às lojas e prepare uma relação com os valores. Lembre-se de levar anotado o que pretende comprar, já que, assim, você evita gastar mais do que estipulou de deixa seu orçamento para o Natal mais saudável.

Ceia

Aqui, mais uma vez, a lista será a sua principal aliada. Elabore uma com todos os itens que pretende comprar para o preparo da ceia. Esteja atento para os componentes tradicionais e também para as preferências dos convidados.

Vale a pena fazer uma consulta de preços, pois muitos supermercados costumam oferecer promoções interessantes dos principais ingredientes. Para evitar desperdícios, compre apenas o que pretende usar.

Além disso, dê uma olhada em artigos de marcas diferentes que, muitas vezes, são mais baratos e possuem o mesmo resultado. Dê preferência para produtos nacionais, já que, com o dólar em alta, eles sofrem menos influência que os estrangeiros.

Prato principal

Sabemos que a preferência para o Natal são as aves, como chester e peru, e, para algumas famílias, certos tipos peixes. No entanto, esses produtos costumam ser bem caros. Então, por que não tentar fazer algo diferente? Receitas com carne bovina ou suína podem ser uma boa ideia. Além de inovar, você poupa o seu dinheiro.

Outra maneira de economizar é não fazer tudo sozinho e solicitar ajuda dos seus familiares e amigos. Se for uma festa grande, peça para eles trazerem pratos e bebidas. Dessa forma, você consegue economizar tempo e dinheiro.

Decoração festiva

Não poderíamos deixar de falar sobre um dos pontos principais do Natal: a decoração da ceia. E, para prepará-la, é necessário não só calcular os pratos que serão servidos, mas também de que forma será posta a mesa e quais serão os enfeites usados. Essa parte também implica custos que implicam diretamente no orçamento para o Natal.

Contudo, com um bom levantamento, você poderá encontrar artigos para decoração por bons preços. Primeiro, procure por toalhas e guardanapos nas cores típicas da data: vermelho, verde e dourado. Para a louça, é comum as pessoas já terem itens específicos destinados a essas ocasiões. Se for o seu caso, objetos transparentes ou brancos podem ser usados sem problemas.

No centro da mesa, é interessante colocar vasos de plantas para tornar o visual mais atrativo. Caso não possua, compre festão verde e esparrame pela mesa e coloque algumas bolas típicas de Natal para dar um efeito interessante.

Velas em suporte individuais dão uma boa impressão, além de serem baratas e fáceis de encontrar. Você pode espalhá-las pela mesa ou posicioná-las de maneira que fiquem em um só local, como no centro. Aproveite para colocar marcadores com os nomes dos convidados, apontando os seus lugares, perto de cada assento.

Aposte no faça você mesmo

Caso você não esteja com tanto dinheiro para investir na decoração ou mesmo quiser personalizar artigos, não há nenhum problema em colocar a mão na massa. Existem diversos sites que ensinam a fazer itens para o Natal. O Pinterest, por exemplo, apresenta muitas sugestões para você se inspirar. Desta forma você economiza e mantém seu orçamento para o Natal em dia.

Natal fora de casa

Para aqueles que pretendem passar o Natal fora de casa, é importante já separar o dinheiro para as despesas da viagem. Pesquise locais para a acomodação, passeio e refeições. Faça um roteiro, de modo a economizar tempo e não correr o risco de se deparar com lugares fechados por causa do feriado.

Uma boa dica é escolher um hotel ou pousada que já tenha café da manhã para economizar. Se o seu objetivo é passar a ceia no local, então, procure saber se ele oferece alguma refeição especial para a data. Do mesmo modo, caso for a sua escolha, confira se a região dispõe de lugares para a ceia e faça a reserva antes mesmo de chegar.

Não se esqueça de separar uma quantia destinada aos gastos na região. Ao retirar os custos da hospedagem e do deslocamento, você saberá o quanto está disponível. O planejamento é fundamental nessa parte, se você não quiser passar por situações indesejáveis e. até mesmo, constrangedoras. Tenha em mente que os custos da viagem não se resumem a, apenas, passagens e acomodação.

Provavelmente, se você pretende estender o passeio até o Ano Novo, por exemplo, vai querer visitar pontos turísticos e experimentar a comida local. Todas essas coisas têm custos e devem entrar no orçamento.

Bem, esperamos que com essas dicas, você consiga preparar o seu orçamento para o Natal e aproveitar muito essa data. Quer continuar recebendo dicas sobre finanças? Então, assine a nossa newsletter!

Deixe um comentário

Leia também:

  • Como funciona o empréstimo para MEI?

    https://www.youtube.com/watch?v=AZ_ngFPlXoU O MEI é uma das modalidades de registro de CNPJ mais populares do país. Além de trazer o microempreendedor para a legalidade, oferece vantagens em crédito que apenas são oferecidas a quem se enquadra nesse regime. E se você faz parte desse grupo de empreendedores, o empréstimo para MEI pode ser uma alternativa para

    5 de fevereiro de 2023
  • Por que você não deve recorrer ao um agiota?

    Agiota é uma pessoa que empresta dinheiro com juros e taxas muito altas, geralmente à pessoas que não têm acesso a outras formas de crédito, como bancos ou financeiras. O termo é comumente usado em países da América Latina, especialmente no Brasil, onde é uma prática comum. Os agiotas geralmente operam informalmente, sem seguir regulamentações

    10 de março de 2023
  • 3 opções para ajudar você que está negativado

    https://www.youtube.com/watch?v=v8zH0PVvqhk Infelizmente, ficar negativado em algum momento tornou-se algo muito comum, sobretudo devido ao custo de vida aumentando e à dificuldade para se conseguir um trabalho. Sendo assim, as pessoas acabam passando muito tempo sem conseguir arcar com seus compromissos financeiros e isso gera uma dívida que pode criar restrições no nome. Mesmo que as

    8 de fevereiro de 2023