Glossário financeiro: conheça os principais termos desse mercado

Glossário financeiro: conheça os principais termos desse mercado

Glossário financeiro
Divulgue essa notícia

Está tentando entender mais sobre finanças, negócios e investimentos? Pesquisando sobre esses assuntos, você deve ter encontrado diversos termos que ainda não conhece. Porém, é importante não desistir e continuar estudando. Afinal, ter uma compreensão melhor sobre esses temas é muito útil. Por isso, preparamos um glossário financeiro que, certamente, será de grande ajuda para você.

Infelizmente, muitas pessoas não têm sequer o entendimento básico sobre finanças. Assim, perdem a oportunidade de aplicar bem o dinheiro e, quando estão passando por um aperto financeiro, não sabem lidar com essa situação. Isso ajuda a explicar a grande quantidade de pessoas com o nome no Serasa.

Então, acompanhe este artigo e entenda palavras e expressões que são muito usadas no contexto das finanças! Vamos lá?

Ação

Essa é a menor fração negociável do capital de uma empresa. Quem compra esse título nominativo passa a ser chamado de acionista. As ações podem ser ordinárias, dando poder de voto em assembleias deliberativas, ou preferenciais, por oferecerem preferência no reembolso de capital ou na distribuição de resultados.

Quando uma empresa abre o capital para que ele seja negociado, ela aumenta o capital social, conseguindo recursos que podem ser usados de várias maneiras, especialmente em investimentos.

Ativo circulante

Ativo circulante são bens de uma empresa que podem ser transformados em dinheiro em curto prazo. Estão incluídos o dinheiro em caixa, contas a receber, saldo em conta bancária e até mesmo estoques, matérias-primas e mercadorias.

Ao apurar o ativo circulante, é preciso levar em conta tudo aquilo que vai se realizar até o final do exercício seguinte ao do balanço que está sendo feito.

B2B

Essa sigla, usada no comércio eletrônico, significa “business to business” e refere-se aos relacionamentos comerciais entre empresas. Trata-se de operações de compra e venda referentes a produtos e serviços em que o público-alvo é uma indústria, um distribuidor ou uma revenda.

B2C

Refere-se a “business to consumer” e também pode ser chamado de “business to costumer”. B2C nada mais é que o comércio eletrônico tradicional, em que a venda é feita ao consumidor final. A empresa que faz a venda do produto ou do serviço pode ser produtora, prestadora de serviços ou vendedora.

Balancete

O balancete de verificação é uma das ferramentas usadas na contabilidade de uma empresa. É um relatório que a contabilidade encaminha para o cliente a fim de oferecer um demonstrativo contábil das contas em movimento e seu saldo. Essas contas organizam as despesas de acordo com categorias, o que facilita ao empresário analisar as despesas de forma bastante detalhada.

Bolsa de valores

A bolsa de valores é um mercado em que são vendidos títulos e ações de empresas do tipo sociedade anônima. Além de companhias, qualquer pessoa que possua ações pode oferecê-las na bolsa de valores. É lá que vendedor e investidor se encontrarão para negociar.

BOVESPA

Essa é a Bolsa de São Paulo. Trata-se da bolsa oficial do Brasil e é uma instituição que oferece ações, fundos e títulos. Ela intermedia as negociações entre vendedores e compradores e é uma das mais importantes do mundo.

Capital de giro

São recursos que a empresa possui para arcar com despesas cotidianas. Essas despesas incluem salários de empregados, pagamentos a fornecedores, aluguel de cômodo ou escritório, contas de água, luz e internet etc.

Toda empresa precisa de um saldo constante em caixa para honrar compromissos financeiros do dia a dia. É comum que empresas pequenas passem por dificuldades para lidar com esses gastos. Por isso, costumam fazer empréstimos específicos para capital de giro, a fim de controlar as contas e se estruturar melhor.

Capital social

Esse é o valor que os sócios investem na empresa no momento em que ela é aberta. Trata-se do valor necessário para que ela inicie suas atividades. Pode ser usado para a compra de equipamentos, ferramentas, contratação de serviços etc. Na verdade, o capital social é usado para qualquer despesa relacionada com o desenvolvimento do negócio.

Empréstimo consignado

Existem alguns tipos de empréstimo consignado, mas eles têm uma característica básica: podem ser descontados diretamente no pagamento. Já que o valor das parcelas é cobrado no contracheque, a taxa de juros cobrada pela instituição financeira é mais baixa. Afinal, nesse tipo de operação há menor risco para o credor.

Essa operação acabou se tornando muito mais simples do que era antes, em vista da possibilidade de realizá-la até mesmo via internet. Assim, é possível contratar um empréstimo com juros bastante atrativos e com mais comodidade.

Limite operacional

Trata-se de um limite de valor imposto em diversas operações financeiras. É um recurso de segurança que impede saques ou transferências de altos valores em caixas eletrônicos, internet banking e correspondentes bancários. Por isso, certas transações talvez só possam ser realizadas dentro de uma agência bancária, que autoriza operações de alto valor.

Rating

São notas que agências de classificação de risco atribuem para especificar a qualidade de crédito. Elas indicam a capacidade de bancos, empresas ou financeiras honrarem com seus compromissos financeiros dentro do prazo combinado. A contratação desse tipo de avaliação é opcional.

Taxa de câmbio

O câmbio indica uma relação entre duas moedas. Com essa taxa, é possível saber qual é o preço de uma moeda estrangeira tomando como referência a moeda nacional. Além disso, o câmbio delineia as transações comerciais entre as nações.

Título privado

Esse tipo de título pode ser emitido por uma empresa privada, a fim de captar recursos. Um título privado pode ser uma debênture, letras hipotecárias, um Certificado de Depósito Bancário, letras de câmbio e assim por diante.

Com a ajuda deste glossário financeiro, você teve a oportunidade de entender diversos termos que são usados com certa frequência quando o assunto são finanças, negócios e investimentos. Entender esses pontos com certeza o ajudará a fazer bons negócios, tanto na sua empresa, como em sua vida particular.

Conforme alguns desses termos mostram, às vezes é preciso recorrer a empréstimos a fim de sair de dívidas ou compor um bom capital de giro para um negócio. Estamos à sua disposição caso você queira se informar um pouco mais sobre isso, basta entrar em contato agora mesmo!

Deixe um comentário

Leia também:

Compartilhe e nos ajude:
Conheça nossas soluções de crédito
Visite nossas redes sociais
Últimas postagens
PRA VOCÊ
Últimas postagens